Ligue: (62) 98104-7470 | WhatsApp: (62) 3208-6915 [email protected]
Confira fotos de alguns momentos do 2º Workshop Brasileiro de Mogno Africano

Confira fotos de alguns momentos do 2º Workshop Brasileiro de Mogno Africano

Selecionamos alguns momentos do evento para você investidor, produtor, pesquisador ou entusiasta do Mogno Africano no Brasil.

Para visualizar as fotos em tamanho maior basta clicar em uma delas. Você pode transitar entre elas utilizando as setas do teclado ou o clique do mouse.

{galeria}2-workshop-mogno-africano{/galeria}

II Workshop Brasileiro de Mogno Africano comemora bons resultados

II Workshop Brasileiro de Mogno Africano comemora bons resultados

O II Workshop Brasileiro de Mogno Africano realizado nos dias 16 e 17 de agosto, no Auditório Lago Azul, do Centro de Convenções de Goiânia, contou com a presença de cerca de 400 participantes, entre produtores rurais, profissionais liberais, estudantes, pesquisadores e empresários do setor moveleiro.

O evento contou com a apresentação e discussao de temas que englobam a cultura do mogno africano no Brasil, como: professor PhD Evandro Novaes, professora Dra. Sybelle Barreira, professor Dr. Luís Carlos Barcellos, todos da Universidade Federal de Goiás (UFG); consultores do Banco do Brasil e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Ainda participaram do workshop o professor Dr José Alves Júnior; a agrônoma Tatiza Barcellos, e os engenheiros agrônomos, consultores florestais e sócios-proprietários da Mudas Nobres, uma das empresas realizadoras do evento, Canrobert Tormin e João Augusto da Silva.

No segundo dia do evento, os participantes tiveram a oportunidade de visitor a Fazenda Sozinha, área de produção e pesquisas da empresa Mudas Nobres, a fim de conhecerem os experimentos lá conduzidos e realizados em conjunto com professores/pesquisadores da Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Goiás (EA/UFG), apresentando resultados iniciais, parciais e finais, além de tecnologia de plantio.

{galeria}2-workshop-mogno-africano{/galeria}

Sobre o Mogno Africano

O Mogno Africano surgiu como uma outra opção, já que o Mogno Brasileiro, sofre ataque severo de pragas em plantios comerciais e teve seu corte proibido no país. Espécie tropical que se adaptou muito bem às condições brasileiras, produzindo madeira de alta qualidade e valor em diferentes tipos de clima e solo. Já é cultivada para fins comerciais por produtores rurais, profissionais liberais e empresários de diversos setores em várias regiões do país (AL, BA, DF, GO, MG, MS, PA, PI, RJ, RO, RR, RS, SC, TO). As indústrias moveleiras europeia e americana de alto padrão encontraram em sua cor avermelhada e fácil manuseio os ingredientes ideais para atender a demanda de um público exigente, que preza também pelo uso racional dos recursos do meio ambiente.

FICHA TÉCNICA DO II WORKSHOP BRASILEIRO DO MOGNO AFRICANO:
Local: Centro de Convenções de Goiânia – Auditório Lago Azul e Fazenda Sozinha – Bonfinópolis – GO
Período: 16 e 17 de agosto de 2013
Inscrições e informações: www.workshopmognoafricano.com.br ou pelo telefone (62) 3208 6915
Realização: Mudas Nobres, Brazilian Forestry Investment (BFI), ASPARB
Patrocinadores: Dacko, Ouro Negro, Plant Defender, Pivot, Sebrae
Apoio: ABPMA, Banco do Brasil, Faeg, Painel Florestal, UFG

II Workshop Brasileiro de Mogno Africano discute métodos de irrigação no cultivo da espécie

II Workshop Brasileiro de Mogno Africano discute métodos de irrigação no cultivo da espécie

Nos próximos dias 16 e 17 de agosto Goiânia vai sediar o II Workshop Brasileiro de Mogno Africano. Nos dois dias de eventos, os participantes vão conhecer os estudos mais recentes sobre a viabilidade e as potencialidades de cultivo do Mogno Africano no Brasil e em Goiás. O uso da irrigação nesta cultura é uma das alternativas para o cultivo em regiões de baixa precipitação, como por exemplo no norte de Minas Gerais e no nordeste do país.

Para que esse método seja eficaz e alcance bons resultados para o produtor o professor adjunto da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás(EA/UFG), José Alves Filho, desenvolve estudos utilizando irrigação por gotejamento, microaspersão e aspersão em mogno africano, já no primeiro ano de cultivo. Alves Júnior é doutor em Irrigação e Drenagem pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Durante a visita de campo, que será realizada na Fazenda Sozinha, no segundo dia de evento os participantes terão a oportunidade de conhecer os experimentos e tirar as dúvidas com o pesquisador, que vai apresentar os resultados alcançados até o momento com a pesquisa, expondo a diferença entre o crescimento das futuras árvores irrigadas com as que não foram irrigadas.

Faça sua inscrição: http://workshopmognoafricano.com.br/

 

Mudas Nobres apresenta resultado de suas pesquisas sobre o cultivo do mogno africano  na 2ª edição do workshop brasileiro sobre a espécie

Mudas Nobres apresenta resultado de suas pesquisas sobre o cultivo do mogno africano na 2ª edição do workshop brasileiro sobre a espécie

No II Workshop Brasileiro de Mogno Africano, que será realizado nos dias 16 e 17 de agosto, em Goiânia,  o engenheiro agrônomo João Augusto da Silva, expert no manejo do mogno africano e pioneiro na difusão do plantio da espécie no Brasil em escala comercial, irá apresentar aos participantes durante a visita de campo, na Fazenda Sozinha, em Bonfinópolis, os aspectos gerais e as linhas de pesquisas que estão sendo desenvolvidas e experimentadas em convênio com a Universidade Federal de Goiás (UFG).

Segundo Silva, as pesquisas já realizadas comprovam que o mogno africano é um investimento com alto retorno financeiro para o produtor ou investidor, em razão de seu baixo custo operacional. Ele ainda salienta as facilidades de administração da cultura.

Mudas Nobres lança clones de mogno africano durante 2ª edição do workshop brasileiro sobre a espécie

Mudas Nobres lança clones de mogno africano durante 2ª edição do workshop brasileiro sobre a espécie

Durante o primeiro dia do II Workshop Brasileiro de Mogno Africano, que será realizado nos dias 16 e 17 de agosto, em Goiânia, o engenheiro agrônomo Canrobert Tormin Borges, expert no manejo do mogno africano e pioneiro na difusão do plantio da espécie no Brasil em escala comercial, irá apresentar aos participantes do evento os aspectos gerais e o desenvolvimento da cultura do mogno africano no Brasil.

Na oportunidade, Tormin fará o lançamento da segunda geração de clones de Khaya ivorensis, selecionados e desenvolvidos pelas Mudas Nobres, uma das empresas realizadoras do evento.

Participe do evento e obtenha mais informações: http://workshopmognoafricano.com.br/