Ligue: (62) 98104-7470 | WhatsApp: (62) 3208-6915 [email protected]

O II Workshop Brasileiro de Mogno Africano realizado nos dias 16 e 17 de agosto, no Auditório Lago Azul, do Centro de Convenções de Goiânia, contou com a presença de cerca de 400 participantes, entre produtores rurais, profissionais liberais, estudantes, pesquisadores e empresários do setor moveleiro.

O evento contou com a apresentação e discussao de temas que englobam a cultura do mogno africano no Brasil, como: professor PhD Evandro Novaes, professora Dra. Sybelle Barreira, professor Dr. Luís Carlos Barcellos, todos da Universidade Federal de Goiás (UFG); consultores do Banco do Brasil e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Ainda participaram do workshop o professor Dr José Alves Júnior; a agrônoma Tatiza Barcellos, e os engenheiros agrônomos, consultores florestais e sócios-proprietários da Mudas Nobres, uma das empresas realizadoras do evento, Canrobert Tormin e João Augusto da Silva.

No segundo dia do evento, os participantes tiveram a oportunidade de visitor a Fazenda Sozinha, área de produção e pesquisas da empresa Mudas Nobres, a fim de conhecerem os experimentos lá conduzidos e realizados em conjunto com professores/pesquisadores da Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Goiás (EA/UFG), apresentando resultados iniciais, parciais e finais, além de tecnologia de plantio.

{galeria}2-workshop-mogno-africano{/galeria}

Sobre o Mogno Africano

O Mogno Africano surgiu como uma outra opção, já que o Mogno Brasileiro, sofre ataque severo de pragas em plantios comerciais e teve seu corte proibido no país. Espécie tropical que se adaptou muito bem às condições brasileiras, produzindo madeira de alta qualidade e valor em diferentes tipos de clima e solo. Já é cultivada para fins comerciais por produtores rurais, profissionais liberais e empresários de diversos setores em várias regiões do país (AL, BA, DF, GO, MG, MS, PA, PI, RJ, RO, RR, RS, SC, TO). As indústrias moveleiras europeia e americana de alto padrão encontraram em sua cor avermelhada e fácil manuseio os ingredientes ideais para atender a demanda de um público exigente, que preza também pelo uso racional dos recursos do meio ambiente.

FICHA TÉCNICA DO II WORKSHOP BRASILEIRO DO MOGNO AFRICANO:
Local: Centro de Convenções de Goiânia – Auditório Lago Azul e Fazenda Sozinha – Bonfinópolis – GO
Período: 16 e 17 de agosto de 2013
Inscrições e informações: www.workshopmognoafricano.com.br ou pelo telefone (62) 3208 6915
Realização: Mudas Nobres, Brazilian Forestry Investment (BFI), ASPARB
Patrocinadores: Dacko, Ouro Negro, Plant Defender, Pivot, Sebrae
Apoio: ABPMA, Banco do Brasil, Faeg, Painel Florestal, UFG