Ligue: (62) 98104-7470 | WhatsApp: (62) 3208-6915 [email protected]

As duas espécies são conhecidas como Mogno Africano assim como seus demais “primos” do gênero Khaya.

A Khaya senegalensis possui madeira clara, densa e dura. Ela apresenta grã reversa, sua madeira pode arrepiar. A vantagem é que ela é mais tolerante a seca e aceita índices pluviométricos de 700mm/ano. Ao longo do tempo de plantio ela necessita de desrama sistemática para se desenvolver bem.

Khaya ivorensis possui a madeira mais parecida com o Mogno Brasileiro (Swietenia macrophylla), tanto nas qualidades físicas quanto na aparência e tem ótima aceitação de mercado. Seu valor final é 30% maior que a senegalensis. Ela exige índice pluviométrico acima de 1.300mm/ano mas normalmente não precisa de desrama, esta operação é eventual.

A khaya ivorensis também é cerca de duas vezes mais produtiva do que a senegalensis. Em levantamento feito pela Universidade de Lavras em Iraí de Minas, unidades da khaya ivorensis 3 meses mais novas que a khaya senegalensis foram 2,7 vezes mais produtivas.

A Mudas Nobres portanto indica e conduz pesquisas com a espécie khaya ivorensis. Com o objetivo de ampliar a oferta de mudas de mogno africano a Mudas Nobres produz mudas clonais para clientes, investidores e produtores.