Ligue: (62) 98104-7470 | WhatsApp: (62) 3208-6915 [email protected]

Perguntas e Respostas: Tire suas dúvidas sobre o Mogno Africano

Reunimos várias dúvidas enviadas através de e-mail, comentários no site e no Facebook a respeito do mogno africano.
O resultado veio em forma de perguntas e respostas que atualizaremos sempre que novas dúvidas pertinentes surgirem sobre o plantio de Mogno Africano.

 

O plantio de mogno africano é possível em clima frio?
Sim. A mudas nobres iniciou experimentos com investidores em SC e RS com a plantação de kaya ivorensis, mogno africano.

No Rio grande do Sul a floresta ainda é nova mas em Santa Catarina a floresta tem 4 anos e vai muito bem.
Entre em contato para avaliarmos sua região.

É possível combinar o plantio de mogno africano com outras espécies?
Sim. O cultivo de muitas especies frutíferas, não florestais, pode ocorrer na mesma área de forma intercalada nos primeiros anos de cultivo do mogno africano.


interrogacao-mogno-africanoQual o espaçamento indicado para o plantio de mogno africano?

Indicamos o espaçamento de 5 x 5 metros.


interrogacao-mogno-africanoÉ correto afirmar que o tempo de corte é de 15 anos?

Levamos em consideração que o plantio seja feito em espaçamento de 5×5 metros, com 400 plantas por ha. Neste caso, aos 10 anos realiza-se corte de 200 árvores de forma alternada, ou seja, numa rua de mogno você corta uma árvore e deixa outra.
A produção média de madeira por árvore nesta idade é de 0,5 m³ de madeira serrada, isto equivale a uma árvore com 11 metros de altura de fuste e com DAP de 35 a 40 cm.

O tempo de corte é definido em função do diâmetro mínimo de 30 cm e idade mínima de 10 anos, porque a partir desta idade a planta tem madeira com características adequadas para uso na movelaria. A medida que a idade da planta aumenta a qualidade da madeira melhora e com isto vem a possibilidade de melhor preço.

O corte aos 10 anos é necessário para diminuir a população das plantas para permitir que as outras que permaneceram cresçam em diâmetro. Após atingir uma determinada altura de fuste, a planta começa a produzir galhos, depois de emitir os galhos a altura de fuste não aumenta mais. A partir daí apenas os galhos e o diâmetro do fuste aumentam.

Aos 15 anos, indicamos o corte das unidades restante (200), o corte raso. Com esta idade espera-se altura de fuste de 11 metros, DAP de 60 cm e rendimento médio de 1,0 m³ de madeira serrada por árvore.

Resumindo: aos 10 anos estima-se colher 100 m³ de madeira serrada e aos 15 anos 200 m³ serrada, totalizando 300 m³ de madeira serrada ao longo dos 15 anos de investimento.


interrogacao-mogno-africanoSe o corte for feito posteriormente com 20 ou 25 anos, por exemplo, a madeira terá maior qualidade, diâmetro e altura?

O produtor pode optar em não fazer o corte raso aos 15 anos, neste caso, ao invés de cortar as 200 plantas, ele cortaria somente 100 que produzem 100m³ de madeira. Restariam outras 100 unidades cujo corte pode-se programar para a idade de 20 anos. A produção estimada aos 20 anos é de 200 m³ de madeira serrada, perfazendo um total de 400 m³ de madeira serrada ao longo de todo o período de investimento.


interrogacao-mogno-africanoQuando chegado o período de corte, quem é responsável pelo corte e logística da madeira?

O dono da floresta é responsável pelo corte, ele poderá instalar uma serraria em sua propriedade ou terceirizar o beneficiamento. A mudas nobres preconiza que ele instale uma unidade de beneficiamento, porque o investimento é baixo e agregará muito valor à sua madeira.

Um estudo de logística afirma que o transporte de madeira em tora só é viável até uma distância de 600 Km, já o transporte da madeira serrada pode ir até 3.000 km, ou seja, se o produtor optar por tratar o mogno africano ainda em sua terra ele pode viabilizar o envio do seu produto para qualquer lugar do Brasil, para consumo, ou levar até portos para exportação.

O custo de implementação de uma serraria é baixo.


interrogacao-mogno-africano

Preciso entrar em contato com algum órgão governamental, como o Ibama, para regularização do plantio?

Primeiramente o seu plantio não pode ser em área da reserva legal ou preservação permanente. Quando for realizar o corte da madeira você terá que ter a área da reserva legal averbada. Portanto, você tem o tempo do plantio até a colheita para legalizar sua floresta. A legalização da floresta pode ser feita no plantio ou antes do corte, o órgão não é o IBAMA, e sim o órgão ambiental do Estado do plantio.


interrogacao-mogno-africano

Existe um representante da Mudas Nobres na minha região? 

Não. A unidade de produção e distribuição da Mudas Nobres fica em Goiânia e atende todo o Brasil.
Basta entrar em contato pelo número (62) 3208 6915.


interrogacao-mogno-africanoQual a época adequada para o plantio de Mogno Africano?

Normalmente planta-se no inicio do período chuvoso, desta forma as mudas aproveitam toda estacão das chuvas, acelerando o crescimento das mesmas. Como o regime de chuvas é diferente para o Centro Sul e Norte / Nordeste a melhor época de plantio no país varia.
Em regiões quentes, com o uso de irrigação pode se plantar o ano todo.


interrogacao-mogno-africanoPosso cultivar Mogno Africano em um terreno de apenas 1 hectare?
Sim. Entretanto o custo neste caso acaba ficando alto. Quanto maior o terreno, mais diluído será o custo do cultivo de Mogno africano.


interrogacao-mogno-africanoO terreno deve ser plano ou pode ser morro?

A topografia não é impeditiva, apenas restritiva. O morro dificulta trabalho mecanizado, é necessário mais trabalho manual, isto aumenta custos.


interrogacao-mogno-africanoÉ possível plantar em solo arenoso?

É possivel desde que se tome cuidados no manejo: correção e adubação.


interrogacao-mogno-africano

O que é fuste?
Fuste é a parte do tronco reto sem galho aproveitável. Esta parte é serrada em medidas próprias a sua destinação.


interrogacao-mogno-africanoO que é DAP?
DAP é o diâmetro da árvore com casca à altura do peito. Esta altura é de 1.30 metros ou 130 centímetros.


interrogacao-mogno-africanoO que é o corte raso?
Corte raso é um termo utilizado para a ação de cortar todas as árvores de uma floresta planejada. Ou seja, o terreno ficará livre para tratamento e reutilização.


Não encontrou sua dúvida aqui? Envie uma pergunta pelo comentário abaixo.