Ligue: (62) 98104-7470 | WhatsApp: (62) 3208-6915 [email protected]

O consórcio de culturas está cada vez mais comum e trazendo resultados bem-sucedidos aos investidores. Entre os exemplos de clientes satisfeitos estão os que cultivam, além do Mogno Africano, o café, milho e soja.

Para trabalhar com diversas frentes, é necessário apenas alterar o espaçamento entre as culturas para que a manutenção das plantações seja feita de forma mais confortável. “Mas é perfeitamente viável. Temos clientes em várias regiões do Brasil trabalhando com esse sistema e o resultado está sendo muito bom”, destaca o sócio-proprietário Canrobert Tormin Borges.

A pecuária também pode ser aliada ao cultivo de Mogno Africano, desde que sejam tomados certos cuidados e analisado o comportamento dos animais. Durante os primeiros anos, pode ser que os animais danifiquem a plantação. Por isso, a Mudas Nobres recomenda que os investidores façam o consórcio de culturas com a pecuária apenas a partir do terceiro ano de cultivo.