Clonagem de madeira nobre é apresentada no II Workshop Brasileiro de Mogno Africano

Clonagem de madeira nobre é apresentada no II Workshop Brasileiro de Mogno Africano

Durante o II Workshop Brasileiro de Mogno Africano, que será realizado nos dias 16 e 17 de agosto, em  Goiânia, o pesquisador da Universidade Federal de Goiás (UFG), o PhD e professor adjunto, Evandro Novaes vai apresentar as etapas do estudo e as fases externas de seleção de árvores superiores com maior volume de madeira por meio de fotos e vídeo.

Através de gráficos, planilhas e até fotografias ele vai apresentar como é a fase de laboratório, ou seja, vai mostrar de que maneira é feita a avaliação molecular, as induções de florescimento precoce, os cruzamentos entre as árvores selecionadas e de como é feito o teste do clone, para testar a real superioridade da planta selecionada.

No workshop, Novaes mostrará os resultados já alcançados da pesquisa e as potencialidades da produção clonada do mogno africano no país.

Saiba mais sobre o evento e faça sua inscrição: workshopmognoafricano.com.br 

Mogno africano consorciado com milho rende bons resultados no interior de MG

Mogno africano consorciado com milho rende bons resultados no interior de MG

O trabalho de acompanhamento do desenvolvimento do plantio mudas de mogno africano (Khaya ivorensis) é uma constante para a empresa goiana Mudas Nobres, especializada no cultivo de madeiras nobres para fins comerciais. Na primeira quinzena deste mês, o engenheiro agrônomo João Augusto da Silva, visitou a propriedade do produtor rural Cacildo Bizinotto, localizada em Sacramento, Minas Gerais.

Lá foram plantados há cinco meses quatro hectares de mogno africano consorciado com milho. E os resultados são expressivos: a colheita do milho obteve uma produtividade de 130 sacos/ha. De acordo com o proprietário, o consórcio com milho possibilitou a ele a redução do custo de implantação da cultura do mogno. “Fui surpreendido. Pensava ser mais difícil e trabalhoso cultivar mogno africano. Pude logo no primeiro ano, reduzir meus custos com o mogno, já que obtive receita com a venda de milho”, explicou Bizinotto.

Mogno africano consorciado com milhoSegundo João Augusto da Silva a realidade vivida por Bizinotto só comprova as pesquisas já realizadas pela Mudas Nobres: a cultura do milho em consórcio com o mogno africano é uma excelente opção, por gerar receita no curto prazo para o produtor, além de enriquecer o solo com matéria orgânica.

Para conhecer as potencialidades do mogno africano e sobre os serviços prestados pela Mudas Nobres interessados devem entrar em contato com a empresa pelo telefone: (62) 3208 6915 ou email: [email protected]

 

Encontro nacional sobre mogno africano discute seu desenvolvimento e apresenta inventário florestal da espécie

Encontro nacional sobre mogno africano discute seu desenvolvimento e apresenta inventário florestal da espécie

Sybelle BarreiraNo próximo dia 16 de agosto, o II Workshop Brasileiro de Mogno Africano, será realizado em Goiânia, das 14 às 18 horas.

A professora doutora Sybelle Barreira, a docente da Universidade Federal de Goiás (Escola de Agronomia – Curso de Engenharia Florestal/ UFG), irá falar sobre o desenvolvimento do mogno africano em algumas regiões brasileiras, destacando  suas dimensões de diâmetro e altura, por exemplo, além de apresentar em primeira mão os resultados já alcançados pelos produtores da espécie em todo país.

Segundo a palestrante, esses resultados tiveram como base inventários florestais e serão apresentados na forma de gráficos e tabelas para que os participantes possam visualizar o que esta espécie pode proporcionar a seus plantadores e a possíveis investidores.

Ainda, poderá acrescentar como o mogno africano poderá ser utilizado na reserva legal das propriedades legais do Estado de Goiás, já que foi uma das docentes que teve participação ativa nas discussões que culminaram com a aprovação do código florestal estadual.

Garanta sua participação no evento, faça sua inscrição: http://workshopmognoafricano.com.br/inscricao

Mudas Nobres realiza curso sobre cultivo  de mogno africano durante 2ª edição do workshop brasileiro sobre a espécie

Mudas Nobres realiza curso sobre cultivo de mogno africano durante 2ª edição do workshop brasileiro sobre a espécie

No próximo dia 16 de agosto, durante o II Workshop Brasileiro de Mogno Africano, em Goiânia será realizado, das 8 às 12 horas, o curso sobre o cultivo do mogno africano.

O curso consiste na apresentação da origem do mogno africano; aspectos gerais e potencialidades das  espécies de mogno africano mais  plantadas no  Brasil, com enfoque na espécie Khaya  ivorensis.

Os aspectos técnico-agrícola, como por exemplo: parâmetros técnicos para escolha da área; preparo de solo/correção, subsolagem, escolha das mudas ( seminal e clonal), plantio / adubação; irrigação; controle de plantas daninhas; pragas/doenças, desrama e colheita, são exaustivamente tratados no módulo.

Os aspectos econômicos, tais como: custo de produção, utilização da madeira, sua comercialização e os aspectos legais e socioambientais para o cultivo da espécie escolhida (licenciamento ambiental para o plantio e cultivo) também integram o conteúdo.

Este serviço foi elaborado pelos responsáveis técnicos da Mudas Nobres, engenheiros agrônomos Canrobert Tormin Borges e João Augusto da Silva, experts no manejo desta cultura e pioneiros na difusão do plantio do mogno africano no Brasil em escala comercial. Além disso, ambos são responsáveis pelo aprimoramento técnico da espécie.

Garanta sua participação no evento, faça sua inscrição: http://workshopmognoafricano.com.br/inscricao

Minas Gerais recebe mais 25 mil mudas de mogno africano

Minas Gerais recebe mais 25 mil mudas de mogno africano

A empresa goiana Mudas Nobres, especializada no cultivo de madeiras nobres para fins comerciais, realizou recentemente a entrega de 25 mil mudas de mogno africano Khaya  ivorensis, na região rural de Engenheiro Navarro, região norte de Minas Gerais. O plantio já está sendo realizado segundo as orientações dos responsáveis técnicos da Mudas Nobres, engenheiros agrônomos Canrobert Tormin Borges e João Augusto da Silva, experts no manejo desta cultura e pioneiros na difusão do plantio do  mogno  africano no Brasil  em  escala comercial.

Interessados em conhecer as potencialidades do mogno africano e sobre os serviços prestados pela Mudas Nobres devem entrar em contato com a empresa pelo telefone: (62) 3208 6915 ou email: [email protected]